CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Política

Em debate ao vivo na Globo; Lula e Bolsonaro troca xingações, mas o que chama a atenção é outra coisa, veja

Em debate ao vivo na Globo; Lula e Bolsonaro troca xingações, mas o que chama a atenção é outra coisa, veja

Comparar Auxílio Brasil com Bolsa Família é “bobagem”, diz Lula

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Lula afirmou que “é uma bobagem” comparar o antigo programa Bolsa Família com a atual Auxílio Brasil. O ex-presidente ressaltou que o Bolsa Família “era apenas um dos programas da política de distribuição de renda que fazíamos”. Ele apontou o PNAE, as cisternas e o programa Luz Para Todos. “Era um conjunto de políticas públicas.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O petista também disse que Bolsonaro queria aprovar um auxílio de R$ 200 e só aumentou o valor após pressão do Congresso. Lula lembrou que na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2023, projeto de Orçamento enviado pelo governo com as previsões de gastos para o ano que vem, não há previsão de manter o auxílio em R$ 600

“Gastamos o equivalente a 15 anos de Bolsa Família”, diz Bolsonaro

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Respondendo a uma questão sobre o auxílio a pessoas mais necessitadas, Jair Bolsonaro (PL) disse que não deixou de lado os aposentados durante a pandemia de covid-19. “Nós não deixamos de lado os aposentados, não deixamos de lado o salário mínimo. Você se comporta como pai dos pobres, mas nós demos o auxilio dos 600 reais. Gastamos o equivalente a 15 anos de Bolsa Família”, disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bolsonaro ainda criticou o TSE: “O sistema todo está contra mim. Grande rede de televisão, como esta aqui. No Tribunal Superior Eleitoral (TSE) quase todas as queixas que fizemos são ao seu favor. O TSE toma conta de tudo”, disse.

Lula pergunta a Bolsonaro por que o presidente não aumentou o salário mínimo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Perguntado sobre a participação do PT nas veiculações que dizem que Jair Bolsonaro não aumentará o salário mínimo, o candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lembrou que o presidente não deu nenhum aumento real do valor nos anos de governo, apenas reajustou de acordo com a inflação, o que é obrigatório.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A verdade nua e crua é que o salário mínimo hoje é menor do que quando ele [Bolsonaro] entrou. A verdade é que, durante o meu governo, aumentei o salário mínimo em 74%, e ele não aumentou”, disse Lula. “Muito fácil chegar perto das eleições e prometer [aumento]. Por que durante quatro anos não aumentou o salário mínimo?”, questionou.

Bolsonaro: “anuncio o salário mínimo de R$ 1.400 no próximo ano”

Antes de fazer a primeira pergunta a Lula (PT), Bolsonaro (PL) anuncia que, se reeleito, o salário mínimo no próximo ano será de R$ 1.400 reais. “Falaram que eu ia mexer nas aposentadoras, que eu ia acabar com as férias, e isso não é verdade”, disse o candidato à reeleição. Ele ainda completou: “nós concedemos o reajuste no mínimo igual à inflação. Tivemos uma pandemia e fizemos o possível”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo