CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Saúde

Esses são os sinais que o HPV lhe dá; doença é silenciosa e requer atenção

Sintomas do HPV precisam ser olhados com atenção e procurar um médico.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O HPV é a doença sexualmente transmissível mais comum em todo o planeta e é provável que você já tenha tido contato com o vírus. Ele é o responsável por quase todos os casos de câncer de colo de útero. Essa infecção viral é muito contagiosa, sendo transmitida de pessoa para pessoa através de contato com a pele. Ao contrário do HIV não é transmitido pelo sangue ou por fluídos corporais. Ele recebe esse nome por provocar o surgimento de verrugas ou papilomas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Existem mais de 100 variedades da doença, sendo muitas transmitidas por qualquer ato de cunho sexual. Dependendo do tipo de sexo, causa problema nos órgãos, garganta ou boca. O HPV é mais comum do que clamídia, sífilis ou gonorréia. De acordo com o Ministério da Saúde, 75% dos brasileiros podem entrar em contato com o vírus ao longo da vida. O pico de transmissão é em torno dos 25 anos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além do câncer de colo de útero, o cervical é o mais comum em relação à infecção por HPV. Outros mais comuns são os vaginais, vulvares, anais e penianos. A infecção pelo vírus também pode provocar câncer de garganta e de boca. Mesmo que a maioria dos cânceres seja devido ao uso de álcool ou de cigarro, uma grande parte é causada pelo HPV. Nem sempre o HPV vai causar câncer, vai depender do sistema imunológico de cada um.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os sinais do HPV podem ser silenciosos, mas os principais sintomas podem ser verrugas em formato de couve-flor nos órgãos genitais. Nas mulheres, podem aparecer em partes não visíveis. Há um grande número de mortalidade pelo câncer de colo de útero, mas 80% deles podem ser evitados se tiverem o diagnóstico rápido e com tratamento correto. É muito importante fazer exames de Papanicolau para descobrir a doença e agir rapidamente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As melhores formas de prevenção do HPV é o sexo seguro. A camisinha reduz o risco de transmissão do HPV, outras doenças sexualmente transmissíveis e uma gravidez indesejada. Nem sempre é eficaz, pois o contato com a pelo pode ocorrer em algum lugar que o preservativo não esteja protegendo. O método mais seguro de prevenção de câncer é a vacina, sendo assim, é imprescindível que você procure um centro de saúde para saber se já tomou a dose da vacina.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O SUS disponibiliza a vacina para jovens de 9 a 14 anos e para meninos de 11 a 14. São duas doses a serem tomadas, com intervalo de seis meses entre elas. Vá a um centro médico com a companhia de um adulto, ou leve seu filho ou tutelado que esteja nessa idade e ainda não tomou nenhuma dose. Vale a pena se vacinar e não custa nada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo