Curiosidades

Mãe leva filho pra cortar o cabelo, e cabeleireira se desespera com o que morava na cabeça da criança, veja

Mãe leva filho pra cortar o cabelo, e cabeleireira se desespera com o que morava na cabeça da criança, veja

Uma cabeleireira profissional viralizou no Tik Tok depois de mostrar o estado do cabelo de uma cliente — uma criança —, que estava infestada de piolhos.

O vídeo, compartilhado por Rach em seu perfil, teve mais de 43 milhões visualizações. “Como você pode ver, hoje temos uma situação um pouco diferente.

Esta pobre criança tem piolhos há muito tempo”, disse ela, enquanto mostrava os parasitas transitando visivelmente pelos fios. ”O cabelo dela não é escovado há séculos, então se transformou em uma grande bola de piolhos e nós”, continou. A cabeleireira, que lida regularmente com lêndeas, disse que esse foi o caso mais extremo que ela já atendeu. ”Ter piolhos é uma coisa. Mas a negligência é outra. ‘Eu vejo ambos no trabalho, mas nada se compara a isso”, afirmou.

Em casos típicos, ela disse que, normalmente, aplica algum produto e depois passa uma escova de metal para remover os parasitas mortos. “Mas eu não queria colocar um pente de metal perto do cabelo desse bebê”, disse ela, acrescentando que até a testa estava coberta de cicatrizes de onde as lêndeas haviam picado. ”Isso partiu meu coração”, lamentou. O caso foi tão grave que Rach decidiu entrar em contato com o Serviço de Proteção à Criança, que levou a menina para um check-up em um hospital. Lá, foi decidido que o melhor era raspar completamente o cabelo. “O que é triste, mas estou feliz que ela tenha um novo começo. Então, ela está em um ambiente muito seguro agora, o que me deixa feliz”, completou.

As pessoas elogiaram a atitude da cabeleireira. “Estou muito feliz por você ter defendido essa garota, você mudou a vida dela”, disse um seguidor. “Imagine como deve ter sido um alívio para essa garotinha tirar todo aquele cabelo”, comentou outra pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo