CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Política

Nova pesquisa mostra virada de Lula em região forte de Bolsonaro

Nova pesquisa mostra virada de Lula em região forte de Bolsonaro

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O último turno da pesquisa Ipec, lançado na segunda-feira 29, mostra importantes mudanças nas intenções de voto dos eleitores mais pobres e também apresenta uma mudança relevante em uma das regiões do país onde tradicionalmente o presidente Jair Bolsonaro tem muita força: a região Sul.

Ali, a pesquisa mostra que o ex-presidente Lula supera seu principal oponente nas intenções de voto. Ele agora tem 36% dos votos contra os 34% de Bolsonaro. Há quinze dias, em 14 de agosto, Bolsonaro estava à frente com 39% dos votos contra os 36% de Lula.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 2018, Bolsonaro venceu confortavelmente nos três estados da região sul: no primeiro turno, havia 56,8% dos votos no Paraná, 53,6% no Rio Grande do Sul e 65,8% em Santa Catarina. Na segunda rodada, uma vantagem ainda maior contra Fernando Haddad: 68,4% no Paraná, 63,2% no Rio Grande do Sul, e 75,9% em Santa Catarina.

Apesar da queda no Sul, Bolsonaro tem boas notícias nas regiões Norte e Centro-Oeste, que são consideradas juntas na pesquisa da Ipec. O presidente subiu de 36% para 40% na intenção de voto entre os eleitores dessas regiões, enquanto Lula caiu de 44% para 40% no mesmo grupo. Os dois estão agora empatados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No Sudeste, o cenário permaneceu estável: Lula com 39% dos votos e o atual presidente com 33%. No Nordeste, o petista ainda tem uma liderança esmagadora, mas manteve seus 57% enquanto Bolsonaro subiu ligeiramente, de 22% para 25% das intenções de voto.

Embora no cenário geral os números dos dois principais candidatos tenham permanecido estáveis, uma mudança – embora tímida – está ocorrendo. Cabe a Lula e Bolsonaro interpretar os dados e focalizar suas estratégias até o dia da eleição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo