Política

Vídeo: No funeral de Rainha Elizabeth II, Bolsonaro é criticado, mas cala a boca de todos com palavras e atitude!

Vídeo: No funeral de Rainha Elizabeth II, Bolsonaro é criticado, mas cala a boca de todos com palavras e atitude!

O atual presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, chegaram à Abadia de Westminster nesta última segunda-feira, dia 19 de setembro, por volta das 6h45. O local, é onde se encontra o corpo velado de Rainha Elisabeth II.

Momentos antes de participar da cerimônia, Bolsonaro acabou se irritando, ao ser questionado sobre se a viagem teria intenção política, para influenciar em sua atual campanha de reeleição à presidência do Brasil.

Respondeu indignado Bolsonaro:

“Você acha que eu vim aqui fazer política?”

Assista ao vídeo CLICANDO AQUI!

Mais tarde, ao ser questionado novamente sobre sua presença no funeral da Rainha Elisabeth II, Bolsonaro disse:

“Todo mundo vai ter um ponto final”

E ainda acrescentou, dizendo que na hora do juízo final, não irão haver ministros do Supremo Tribunal Federal, para ‘descondenar uma pessoa e torná-lo elegível’, uma clara referência a seu atual rival na campanha política, Luiz Inácio Lula da Silva.

Vídeo: No funeral de Rainha Elizabeth II, Bolsonaro é criticado, mas cala a boca de todos com palavras e atitude!

Disse Bolsonaro:

“O julgamento final vai ser pelas suas ações e omissões. Todo aquele que trabalhou contra o próximo ou que se omitiu na hora em que poderia ajudar, segundo as escrituras, para quem acredita, vai ter seu veredito. E lá não tem gente – como alguns do Supremo, já vão falar que eu estou criticando o Supremo – para descondenar uma pessoa e torná-lo elegível”

O presidente ainda classificou como ‘canalhice‘ e ‘covardia‘, a reportagem feita pelo portal de notícias da UOL, que apontou 51 imóveis comprados pela família Bolsonaro, que foram pagos em dinheiro vivo.

Dizer Bolsonaro sobre o funeral de Rainha Elisabeth:

“É participar da missa. Ficar calado o tempo todo. Quem crê é lembrar que um dia vai chegar o dia dele. Todo mundo vai ter um ponto final aqui. Todo mundo, sem exceção”

E assim falou o presidente, tentando responder perguntas e insinuações inconvenientes em um momento de perda para o mundo, calando a boca de jornalistas sensacionalistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo